Filhos

 

Toda criança é "canhoto"

Todos que criam filhos têm tempos de intensa frustração com esta tarefa. Há dias quando parece como que se a criança nunca aprenderá, nunca responda corretamente, nunca entende direito as coisas. Talvez ajudaria então seu limiar de paciência se tentasse escrever com sua mão esquerda (a não ser que você já é canhoto). Lembre-se que uma criança é tudo “canhoto” enquanto ele ou ela estão aprendendo. - Green, M. P. (1989). Illustrations for Biblical Preaching, Grand Rapids: Baker Book House.


Vivendo e Aprendendo

Um autor desconhecido escreveu estes pensamentos poderosos, expressando a influência para o bem ou mal que nossas vidas têm em outros. Enquanto eles se referem em particular a pais, eles também aplicam em geral a cristãos. Depois de ler cada declaração, pergunte-se a si mesmo, as pessoas estão aprendendo isto de mim??

Se uma criança vive com crítica, ela aprende a condenar.

Se uma criança vive com hostilidade, ela aprende a brigar.

Se uma criança vive com medo, ela aprende a ser apreensivo.

Se uma criança vive tendo dó dela, ela aprende a ter pena de si mesma.

Se uma criança vive com ciúme, ela aprende a sentir culpada.

Se uma criança vive com encorajamento, ela aprende a ser autoconfiante.

Se uma criança vive com tolerância, ela aprende a ser paciente.

Se uma criança vive com elogios, ela aprende a valorizar os outros.

Se uma criança vive com aceitação, ela aprende a amar.

Se uma criança vive com aprovação, ela aprende a gostar de si mesma.

Se uma criança vive com reconhecimento, ela aprende a ter metas.

Se uma criança vive com justiça, ela aprende o que é justo.

Se uma criança vive com honestidade, ela aprende o que é a verdade.

Se uma criança vive com sinceridade, ela aprende a ter fé nela mesma e no seu próximo.

Se uma criança vive com amor, ela aprende que o mundo é um lugar maravilhoso para viver. 

- Green, M. P. (1989). Illustrations for Biblical Preaching, Grand Rapids: Baker Book House. 


Conselhos Para Criar Filhos
Se eu tivesse meu filho para criar de novo,
Eu pintaria mais com meus dedos e apontaria muito menos com eles.
Eu passaria menos tempo corrigindo e mais tempo conversando.
Eu tiraria meus olhos do meu relógio e prestaria mais atenção em quão rápido o tempo está se passando.

Eu me importaria em saber menos, e saberia me importar mais.
Eu passaria mais tempo brincando com eles.
Eu ficaria menos sério e me divertiria mais.

Eu correria mais com eles e olharia mais as estrelas.
Eu seria menos firme, mas, firmaria mais meu amor por eles.
Eu reformaria a auto estima, e deixaria a reforma da casa para depois.
Eu amaria menos a força, e viveria mais a força do amor.

-- autor desconhecido


A Criação Dos Filhos
Se você estragar a criação dos seus filhos, eu penso que não importa mais qualquer outra coisa que você possa fazer bem.

Jacqueline Kennedy Onassis (1929 - 1994), Primeira Dama dos Estados Unidos citada em "Bits & Pieces"


Pais Permissivos Demais
Pais que são permissivos demais com seus filhos pagarão um alto preço. Estes pais até podem ser grandes homens de Deus, mas, por faltar na disciplina dos seus próprios filhos eles são um mau exemplo para os outros.

Eli, um profeta de Deus foi amaldiçoado por Deus (ele e toda sua família) "pela iniqüidade que ele bem conhecia, porque seus filhos se fizeram execráveis, e ele os não repreendeu." (1 Sam 3:13). Note que a maldição foi porque Eli sabia o que seus filhos faziam e não os disciplinou.

Samuel, outro profeta de Deus, teve dois filhos que, como juízes de Israel, aceitaram suborno e perverteram a justiça (1 Sam 8:1-5).

Adonias, filho de Davi, se rebelou contra ele porque "Jamais seu pai o contrariou, dizendo: Por que procedes assim?" (1 Reis 1:6).

Quando Absalão, outro filho de Davi matou seu irmão, Davi não o puniu (2 Sam 13:23-39). Quando Absalão se rebelou contra o próprio pai Davi, e tentou tomar o trono, Davi ordenou que ele fosse tratado com brandura (2 Sam 18:5).

Em pelo menos dois destes casos, a Palavra de Deus deixa claro que o problema começou com a falta de disciplina por parte do pai em controlar seus filhos. O que é notável também é o relacionamento que estes três pais tinham um para com o outro. Samuel serviu no templo sob a orientação de Eli o sacerdote desde pequeno. Davi foi ungido por Samuel e certamente foi influenciado por ele durante um período significante da sua vida.

É talvez mais do que coincidência que cada um destes três pais teve filhos que se rebelaram contra sua autoridade e contra a vontade de Deus. Como teria sido o final destas histórias se os pais não tivessem sido omissos na disciplina de seus filhos?

- Dennis Downing - www.hermeneutica.com