O que é que você vê na cruz?
de Dennis Downing

O que é que você vê quando vê uma cruz hoje em dia?
Talvez esteja no topo de um prédio de igreja ou de uma escola particular ou um hospital.
Talvez é uma cruz dourada pendurada no pescoço de uma criança.
Talvez seja uma cruz estampada na capa de uma Bíblia.
Talvez seja o símbolo de uma instituição filantrópica como a cruz vermelha.

O que é que você vê quando vê uma cruz?

Se você é como muitos você talvez vê um sinal, um símbolo de fé, de conforto, de socorro ou resgate. Você vê algo que representa para alguns tudo que é bom na humanidade.

Mas, como sabemos, nem sempre foi assim.
Nos dias de Jesus a cruz era um instrumento de morte, bárbaro e cruel.

A cruz era tudo, menos um símbolo de esperança ou conforto. Pelo contrário, a cruz era um símbolo de desespero e humilhação.

É um sinal de quão grande é o poder de Jesus que ele transformou um instrumento de morte brutal num símbolo de vida.

Jesus, pelo seu simples toque, trouxe cura. Pelas suas palavras ele restaurou vida. Tudo que Jesus tocou foi mudado, transformado para sempre. Nada foi o mesmo depois de Jesus.

Inclusive a cruz. O que tinha sido um instrumento de desespero, humilhação e morte virou algo que, nos dias de hoje, representa para muitos como nenhum outro símbolo, esperança, conforto e finalmente, vida.

Você talvez nunca sonhou em ter uma cadeira elétrica na sala de sua casa. Mas, eu aposto que, aonde você hoje mora ou onde morou quando era criança, em algum lugar daquela casa, ou pendurado na parede ou estampado em papel havia uma cruz.

Tudo com que Jesus entra em contato é transformado.
Você não pode chegar perto de Jesus sem ser mudado.

De fato, o próprio Jesus nos avisou que ele veio justamente com um objetivo - transformação.

Como tem sido seu caminhar com Jesus?
Você está deixando Ele lhe transformar?
Está sentindo Ele lhe mudar?

Da mesma forma que Jesus transformou a cruz, Ele quer lhe transformar.
Basta você também querer.
E hoje, o que é que você vê na cruz?

Veja também “"O Controle Remoto e a Cruz"”.


  Copyright © 2011 Dennis Downing. Todos os direitos reservados. Reprodução só com permissão por escrito.