Princípio 3: Identifique o gênero da passagem

de Tremper Longman III

Textos escritos têm uma variedade de formas. Um gênero literário é um grupo de textos que compartilha semelhança no seu conteúdo, tom ou estrutura. Somos familiarizados com o gênero em uma biblioteca ou livraria. Livros podem ser classificados em ficção ou não ficção. A ficção pode ser dividida em romance, mistério, aventura, ficção científica e etc... A nossa impressão inicial de um livro depende do conhecimento que temos do seu gênero, e este determina o modo como o lemos.

Certa noite, sentei-me com um livro e fui pego pela sua sentença introdutória: "quando Gregor Samsa despertou da noite inquietante que tivera, descobriu que havia se transformado em um inseto gigantesco." Era uma frase que chamava a atenção, porém não me fez estremecer. O livro era o Metamorfose, de Franz Kafka, uma história que fala sobre seres humanos que conseguem se transformar em insetos. Fui capaz de dar um basta à minha incredulidade por saber que estava começando a me deixar levar pela ficção.

A Bíblia contém uma riqueza infindável de estilos literários. Isso me faz recordar da mesa de jantar que minha mãe preparava no dia de Ação de Graças. Naquele dia especial em que comemorávamos as bênçãos materiais dadas por Deus, ela tinha o costume de colocar uma decoração diferente no centro da mesa. Ela colocava um vaso em forma de chifre — uma cornucópia — no centro da mesa e o enchia com pequenas abóboras, cabaços e espigas de milho ornamentais que transbordavam do vaso e caíam sobre a toalha de mesa. Quando abrimos as páginas da Bíblia, também encontramos uma cornucópia espiritual — um presente divino que nos alimenta — com uma diversidade literária que influencia nossos interesses, estimula a imaginação e chama a nossa atenção para cada aspecto da vida.

À medida que lemos de Gênesis a Apocalipse, passamos por histórias, leis, poesias, sabedoria, profecia, evangelhos, epístolas e literatura apocalíptica. E quando conhecemos o estilo — o gênero — da literatura que estamos lendo, podemos entendê-la melhor. Lemos história com uma postura diferente de quando lemos uma poesia. Gêneros diferentes evocam expectativas e estratégias de interpretação diferentes.

O gênero é um conceito tão importante para que possamos fazer uma leitura adequada das Escrituras, que devotamos o resto desse livro à exploração dos principais estilos da literatura bíblica. Pela ordem, examinaremos como a história, leis, sabedoria e poesia, profecia e literatura apocalíptica, evangelhos e parábolas, e cartas deveriam ser interpretadas. Cada estilo nos leva, de diversas maneiras, a um encontro com Jesus Cristo.

[Nas próximas semanas, Deus permitindo, iremos reproduzir nesta seção outros princípios básicos de hermenêutica do livro “Lendo a Bíblia com O Coração e a Mente” de Tremper Longman III.]

Copyright © 2003 Editora Cultura Cristã. Todos os direitos reservados. Reproduzido com a devida autorização.

O livro de Tremper Longman III do qual este texto foi extraído, "
Lendo a Bíblia com O Coração e a Mente", pode ser encomendado da Editora Cultura Cristã selecionando a capa do livro ao lado:  


08/02/2006